os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites

publicações

Gestão ambiental de explorações suinícolas

A resposta reativa aos requisitos ambientais legais e uma geração de gestão que se assume como consolidada. Os atuais desafios do sector deverão ser de melhoria continua, melhores desempenhos com menores impactes.

Este artigo, pode ser consultados aqui:

Gestão ambiental de explorações suinícolas

publicação

Um país líder no crescimento verde

(in revista Visão n.º 1131, Novembro 2014)

Este artigo pode ser consultado aqui:

Um país líder no crescimento verde

artigo

Áreas Protegidas Locais e as Alterações Climáticas

Num clima em mudança, a necessidade de gestão e planeamento do território é ainda mais urgente, para redução dos riscos, redução da exposição e melhoria da resiliência dos sistemas naturais e humanos aos efeitos das AC.

Este artigo pode ser consultado aqui:

Áreas Protegidas Locais e as Alterações Climáticas (artigo)

artigo

Turismo de última geração - A inovação do turismo que convida ao empreendedorismo

Sendo, o turismo uma indústria dinâmica e em constante mudança, este trabalho pretende evidenciar a dinâmica da “economia da experiência”, apresentando-se o “novo turista” como um “turista de experiências e emoções”, mais exigente, que procura maior diferenciação, um produto à sua medida, numa correspondência elevada às suas expectativas. Neste novo modelo de turismo, o turista tem o papel central, em que as suas motivações e necessidades assumem o comando para a vivência de um conjunto de emoções que lhe vão perpetuar o ”genius loci”

Este artigo pode ser consultado aqui:

A inovação do turismo que convida ao empreendedorismo( (artigo)

A inovação do turismo que convida ao empreendedorismo (apresentação powerpoint)

artigo

Gases com Efeito de Estufa – acendeu-se um sinal vermelho

Em 2005, as emissões totais de Gases com Efeito de Estufa (GEE) da cadeia de produção e distribuição do sector pecuário foram estimadas em 7,1 Gton CO2-eq/ano, representando 14,5% de todas as emissões induzidas pelo homem (FAO, 2013). Estes dados são o mote para a discussão neste artigo, nomeadamente os grandes desafios que são colocados à suinicultura.

Este artigo pode ser consultado aqui:

Gases com efeito de estufa - acendeu-se um sinal vermelho

apresentação

Alterações Climáticas e os desafios para o setor dos Recursos Geológicos

nesta apresentação após um breve enquadramento às alterações climáticas identificam-se e analisam-se alguns dos desafios que o setor dos recursos geológicos

Esta apresenta��o pode ser consultada aqui:

Alterações climáticas e os desafios para o sector dos recursos geológicos

artigo

Quem deve agir contra as Alterações Climáticas?

Neste ensaio procura-se analisar o problema a partir de várias perspectivas, integrando abordagens filosóficas e económicas, e destrinçando as competências de cada um dos agentes.

Este artigo pode ser consultado aqui:

Quem deve agir contra as Alterações Climáticas?

artigo

Instrumentos económicos na gestão de efluentes

Este artigo pode ser consultado aqui:

Instrumentos económicos na gestão de efluentes

publicações

Terras e Efluentes (T&E) - uma mais valia para todos

(Revista Suinicultura n.º 112 - Out/Nov/Dez 2013)

Na �ltima edi��o da revista Suinicultura (n.� 112, Out/Nov/Dez 2013) o destaque foi para o projeto Terras e Efluentes.

Os artigos em destaque publicados, podem ser consultados aqui:

Terras e Efluentes (T&E) - uma mais valia para todos (in Suinicultura n.� 112)

Outsider (in Suinicultura n.� 112)

SEMINÁRIO

A Suinicultura e o Ambiente

(19 de Novembro de 2013)

Semin�rio organizado pela Embaixada da Holanda e a Federa��o Portuguesa de Associa��es de Suinicultores com objetivo de dar a conhecer boas praticas que t�m vindo a ser desenvolvidas na Holanda e em Portugal.

A apresenta��o do projeto Terras e Efluentes poder� ser consultado aqui:

app 19 Novembro 2013: Terras e Efluentes (PT)

app 19 Novembro 2013: Terras e Efluentes (ING)

SEMINÁRIO

Seminário em Ciência da Sustentabilidade e Alterações Climáticas

(9 de Novembro de 2013)

Alguns autores caracterizam a responsabilidade em lutar contra as Alterações Climáticas como um problema de muitas mãos (problem of many hands) (Fahlquist et al, 2008;Hillerbrand et al, 2012) ou seja um problema para o qual todos contribuíram (cenário colectivo) e que se carateriza por uma lacuna na distribuição da responsabilidade, impedindo a definição de responsabilidades individuais, e por esse motivo é moralmente problemático. Na perspectiva da capacidade de atuação, é reconhecido por todos que os governos e organizações internacionais têm uma maior capacidade de agir contra as Alterações Climáticas.

apresentação:

Quem tem a capacidade e a responsabilidade principal para agir contra as Alterações Climáticas?

CONGRESSO

XIX Congresso Sociedade, Território e Ambiente da Ordem dos Engenheiros a intervenção do Engenheiro

(19 a 20 Outubro de 2012, Centro Cultural de Bel�m, Lisboa)

Artigo apresentado na sess�o t�cnica Engenharia - Pilar para a sustentabilidade no dia 20 de Outubro: Levantamento da ocupa��o do solo do concelho de Mafra - Um contributo dos SIG para a sustentabilidade do Concelho

WORKSHOP

Regime do Exercício da Actividade Pecuária (REAP)

(6 de Fevereiro, Vila Franca de Xira)

No passado dia 6 de Fevereiro (2008) decorreu o workshop: Regime do Exerc�cio da Actividade Pecu�ria, organizado pela TTerra em parceria com a Tecnipec. Perante uma plateia de mais de 80 pessoas, apresentaram-se e debateram-se as v�rias perspectivas de trabalho dos principais actores na implementa��o do REAP � o produtor, a entidade coordenadora e outras entidades publicas intervenientes. Apresentamos as comunica��es do workshop.

comunicações:

Aspectos Ambientais a Considerar na Instrução dos Pedidos de Licença (Eng.ª Mª João Figueiredo)
Os Novos Desafios do REAP (Dr. Sales Henriques) A Acção do Licenciador no Domínio da PCIP (Eng.º David Cipriano) Actua��o da Autoridade de Licenciamento de Utiliza��es dos Recursos H�dricos (Eng.ª Mariana Pedras / Dr. Carlos Cupeto)

publicação

Guia Agenda 21 Local


O Minist�rio do Ambiente, do Ordenamento do Territ�rio e do Desenvolvimento Rural divulgou um Guia que prop�e uma metodologia normativa para a implementa��o local da Agenda 21. Este Guia foi desenvolvido pela TTerra e define o conjunto de requisitos para que uma Agenda 21 tenha credibilidade, condi��es de continuidade e melhoria continua.

Clique aqui para consultar o resumo »

WORKSHOP

gestão ambiental em obra

(20 de Maio 2008, TEKT�NICA)

O crescimento significativo do sector da constru��o torna-o um campo �ptimo para o desafio de um modelo de gest�o do s�c. XXI que, necessariamente, inclui a dimens�o ambiental. Ambiente um custo ou uma mais valia? A grande quest�o. O prop�sito � que deve ser um factor de competitividade para as organiza��es. Do planeamento � constru��o decorrem ac��es que, se antigamente eram inconscientemente descoradas, hoje t�m necessariamente de ser consideradas e ponderadas a curto e m�dio prazo, numa l�gica preventiva. Trate-se da implanta��o do estaleiro ou da constru��o propriamente dita, onde h� que garantir uma adequada gest�o ambiental.

Perante um universo especializado mas diversificado (t�cnicos e empresas, autarcas e estudantes, investigadores e professores), os trabalhos foram bastante prof�cuos e participados. Como � desej�vel num workshop houve bastante debate e troca de ideias.

Na parte final integrou-se nos trabalhos o Prof. Ant�nio Gon�alves Henriques, Presidente da APA que, naturalmente, introduziu uma enorme mais valia na sess�o.

apresenta��es:

Acompanhamento Ambiental de Obras (Engª Luisa Pinto) Gestão Ambiental de Obras (TTerra) Impactes Ambientais de Obras, Desafios e Oportunidades (Prof. Dr. Carlos Cupeto) Resíduos na Construção (Engª Maria João Figueiredo)

forodesoria.org

Nos dias 26 e 27 de Maio de 2008, com uma participação muito qualificada, Valência (Espanha) foi o centro de referência a nível mundial em termos de reflexão e consciencialização da sociedade, acerca de uma temática de elevada importância nos dias de hoje: desenvolvimento sustentável e inovação.

programa do evento "el agua, el principio y el fin"

Cidade das Artes e das Ci�ncia Dr. Manuel Heitor, Secret�rio de Estado da Ci�ncia, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal no uso da palavra Sess�o de encerramento D. Amalio de Marichalar, Conde da Ripalda, Presidente do Foro Soria 21 para o Desenvolvimento Sustent�vel