os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites os seus recursos. os seus limites

TTerra - Engenharia e Ambiente, Lda.

A TTerra é uma empresa de consultoria independente especializada no domínio da Engenharia, Ambiente e Ordenamento do Território. Actuamos desde 1991 no caminho do desenvolvimento sustentável e da responsabilidade social. Acreditamos na palavra inovação, no caso eco-inovação, no desenvolvimento sustentável, nos seus vários contextos e nas suas diversas formas, constituindo, para além de um desígnio, uma parte muito significativa da nossa Missão. Este é o nosso espaço online. Visite as diferentes secções para ficar a conhecer um pouco melhor a empresa e os nossos serviços, ou então esta página que é o nosso blog corporativo, onde poderá encontrar sempre a informação mais actualizada e pertinente das diferentes áreas em que actuamos. Obrigado pela sua visita!

Floresta, além da prevenção de incêndios

Opinião
Marta Matos

No passado dia 15 de Maio teve início a Fase Bravo, no que diz respeito às acções operacionais de defesa da floresta contra incêndios (DFCI). Durante este período e até à fase seguinte (Fase Charlie, que se estende até 30 de Setembro), a floresta volta a ser o centro das atenções tanto da comunicação social como das estruturas politicas. Sobretudo, se desgraçadamente, há fogo. » Ler mais…

Participação Pública – uma Realidade ou Utopia?

Opinião
Sonia Silva

A participação pública nas grandes questões ambientais, sociais e económicas é, cada vez mais, uma necessidade das sociedades modernas que ambicionam o rumo para a sustentabilidade. Mas não há desenvolvimento ou sustentabilidade, sem participação. » Ler mais…

Responsabilidade Ambiental

Opinião
Carlos Cupeto

Hoje, dia 5, comemora-se o Dia do Ambiente. Como nos outros dias de qualquer coisa a data é aproveitada para, a vários níveis, fazer coisas que garantam o faz de conta. Num país onde só se fala em direitos, onde a palavra dever há muito foi banida este folclore “do dia de…” fica bem. No “dia do ambiente” o cortejo de iniciativas, para todos os gostos e tipos – plantam-se arvores, fazem discursos, os jornais publicam edições verdes pejadas de publicidade amiga do ambiente, nas escolas as criancinhas e os professores fazem bonecos com o lixo, etc, etc – roça o ridículo. Pior só mesmo o dia sem carros. » Ler mais…

Acompanhamento Ambiental de Obra – pertinente ou inconveniente?

Opinião
Helena Abelha

Neste início de século falar em ambiente é ainda para alguns uma realidade inconveniente. O tempo de falar de forma genérica, pese embora o próprio carácter abrangente da temática ambiental, há muito que deixou de ser relevante. Objectivar e gerir correctamente parecem ser as palavras de ordem face às necessidades do Homem. » Ler mais…